Sobre esse blog...

No inicío esse blog era privado, mas depois de um tempo comecei a escrever um pouco além do meu cardápio, então decidi compartilhar, como tantas por aí, o perrengue que eu passo para emagrecer. =)















terça-feira, 17 de maio de 2011

Atenção na dieta e comer sem pensar

Oi meninas lindas, como estão vocês? Ando ausente é verdade, mas sinto uma falta danada do meu blog e de vcs e é incrível como sempre que sinto que estou descuidando da dieta eu procuro um tempinho pra vir aquie  recarregar minhas forças e ideias. Visitar o blog de vcs me enche  de animo e não  deixa esquecer que minha estrada é longa ainda.
Vim aqui confessar um pecado de ontem, na verdade nem foi tão grande, mas senti que  eu perdi um pouco do controle que euconquistei, sabe quando vc sente a gorda do comando denovo? Pois então.

Vamos ao pecado em si: ontem durante o dia me alimentei normal: café: uma fatia de pão integral, leite desnatado e café/almoço: arroz integral, peixe assado e salada, com exceção das balinhas doces durante o dia, preciso urgente cortar isso! A tarde não comi nada, mas a noite antes de ir pro curso precisava comer alguma coisa, aí a bocó aqui foi na padaria e comeu uma empada gigante de frango. Aquilo já deu uma pesada no estômago e me deixou estufada pra caralho, tipo baiacu, igual a propaganda da skol,.
O problema maio foi que, mesmo me sentindo assim, uns 20 min depois fui na loja de conveniência perto do meu curso e tomei um suco de pêssego light e comi um pão de queijo, por pura gordice! Eu nem estava com fome, tava me sentindo empanturrada, mas mesmo assim, sem pensar  fui lá comi impulsivamente, e eu não fazia isso há muito tempo.


Uma coisa que aprendi com o Gordas em Recuperação e com o livro 'Magra não, gorda em recuperação' (se ainda não leu, leia agora!) é que não devemos comer por impulso, devemos sempre estar no controle. Saber se precisamos comer aquilo, se já não estamos cheios, se aquilo realmente faz bem pra gente. Sabe? Existem diversos questionamentos que devemos fazer antes de colocar a primeira garfada na boca. Isso me ajudou até a beber menos, e olha que eu amo a tal da cervejinha, mas estou aprendendo a respeitar o meu estomago, assim que ele avisa que já deu a cota dele, é hora de parar, e isso vale pra tudo até para salada, assim vamos nos acostumando com porções pequenas, e a não se empaturrar com nada!

Antes eu nem parava pra pensar se estava cheia ou não, só pensava coisas idiotas enquanto estava comendo como "ralei a semana toda agora mereço" ou " já que é só uma escapadinha vou aproveitar e comer td que couber" "é de graça" "é só hoje" "só essa vez". Graças ao livro aprendi a controlar esses pensamentos  ou a ausência de qualquer pensamento antes de comer, que foi o que aconteceu ontem, eu simplesmente agi e nem pensei a respeito.

O ato de comer não pode ser automatizado e banal, isso é o que nos engorda. As vezes até comemos os alimentos certos, só que em excesso e tudo que é em excesso faz mal, por exemplo, frutas em excesso também engordam, assim como cereais, mesmo os integrais. Para tudo precisamos de medida não é mesmo?

Por isso meninas, vamos sair do automático e ter mais autocontrole. Nossa vigia deve ser diária e constante! Cada balinha que entra por nossas bocas tem que ser controlada e pensada, antes se de ser mandada barriga a dentro.
Aliás hoje começo meu desafio pessoal: Uma semana sem balinhas malditas! =P

PS: 1_Quem quiser ler o livro ou conhecer o blog, eles estão linkados no próprio texto. 2_Preciso voltar com a AF urgente, mas isso fica pra outro post =(

4 comentários:

LeDesigner disse...

Querida...obrigada pelo carinho viu?? Eu adoro quando tu me visita e deixa teus recadinhos, pois sinto que vem do coração mesmo. Me sinto muito acolhida e com muita vontade de continuar...
Vou te contar que eu também amo comer balas...que coisa..é uma merda isso, que a gente engorda e nem sente!
E não nos abandona mais tá?
...
Beijinhos!
http://80diasparaemagrecer.blogspot.com

Sammy Leilane disse...

uma coisa que reparei em mim é como ando tratando a comida, tipo, eu como até passar a fome e a ronquidão no estomago... dá vontade de parar de comer já, ma aí sei que se comer só aquilo vou passar muuuita fome depois, e aí acabo comendo o que devo... é uam questão de saber se relacionar com a comida, aprender a respeitar o estomago coitado! bjus!

Haylla disse...

Oi flor'
Vim da uma futricadazinha aqui
ihihii
"Xero" bem grande e ótimo noite ~

Twitter.: @loja_zart

Laurinha disse...

Poutz, eu também erro muito assim, quando estou de plantão. Sempre penso, "ah, tô presa aqui no plantão mesmo, eu mereço" e mais um monte de colegas me incentivando a comer mais, para acompanhar a galera, e acabo comendo no impulso... temos que ser muito fortes, amiga! O "mal" está em todos os lugares, hahaha.

Obrigada pelas visitinhas sempre tão carinhosas!

Beijocas!

Postar um comentário